Publicações

 

Publicações recentes

2007
Artigo em inglês

J. Reis Machado -  2007. Greenways for Portugal. A contribution to an European Network. Forum Geográfico. Revista Científica e Técnica do Instituto Geográfico Português. Ano II. Nº 2. Outubro 2007.

2010
Livro bilingue em português e inglês

Diversos autores, portugueses, norte-americanos e holandês. Corredores Verdes. Contribuição para um Desenvolvimento Sustentável Regional e Local / Greenways . Towards a Regional and Local Sustainable Development.
Publicação no prelo. Instituto Geográfico Português. 400 páginas.

 

Contribuições ao Plano Nacional de Ecopistas

Agosto-Outubro 2007
Estudo Prévio da Ecopista do Sabor

Estudo prévio de Arranjo Paisagístico da Linha do Sabor

6 de Dezembro 2001
Primeira contribuição ao Plano Nacional de Ecopistas
João Reis Machado
“Valorização ambiental das linhas de caminho de ferro desactivadas. Contribuição para o Plano Estratégico Nacional”

 

Bibliografia de referência Nacional e Internacional

AHERN, J., 1995 – Greenways as a planning strategy, Landscape and Urban Planning, Amherst,  University of Massachusetts, USA. Vol.33, nº1-3: p.131-156.

AHERN, J. 1997 – At the crossroads: sustainable future of urban sprawl? Spatial concepts and scenários for the Lisbon Metropolitan Area, in Machado, J. R. & Ahern, J.. Environmental Challenges in an Expanding Urban World and the Role of Emerging Informations Tecnologies. CNIG/ MEPAT, Lisboap. 13-26.

BUENO, J.A.; Tsihrintzis, V. A.; Alvarez, L., 1996 - south Florida Greenways: A Conceptual Framework for the Ecological reconnectivity of the Region. Greenways – The Begining of an International Movement. Elsevier, Amsterdam, pp. 247-265.

CASTEL-BRANCO,C.; SARAIVA, M.; FREIRE, O . 1994 – Contributos para a Rede de Corredores Verdes na Área Metropolitana de Lisboa. Curso de Curta Duração – Redes de Corredores Verdes: Teoria e Prática, CNIG – UTL/ISA/Secção Autónoma de Arquitectura Paisagista, Lisboa,pp. 21.

FABOS, J. GY. 1995 – Introduction and overview: the greenway movement, uses and potentials of greenways. Landscape and Urban Planning, Amherst,  University of Massachusetts, USA. Vol.33, nº1; p 1-13.

FABOS, J.GY. ; GROSS, M. 1997 - From wathershed management to grenways planning in Environmental Challenges in an Expanding Urban World and the Role of Emerging Information Technologies. CNIG/MEPAT, Lisboa, pp. 141 a 150.

JESUS, M. J., 1998 – Proposta para corredores verdes no concelho de Almada, UTL – ISA, Tabalho de fim de curso em arquitectura paisagista,  Lisboa, pp 102.

JONGMAN, R. 1994 – Ecological Networks, a New Strategy for Nature Planning in Europe. Conferência realizada no Curso de Curta Duração sobre Redes de Corredores Verdes: Teoria e Prática. Lisboa, pp. 21.

LITTLE, CHARLES E., 1990 – Greenways for America, The John Hopkins University Press, Baltimore and London.

LIRA Mº M., 1998 – Proposta para corredores verdes na sub-bacia do rio da Costa, UTL – ISA, Trabalho de fim de curso em arquitectura paisagista, Lisboa, pp. 100.

MACHADO, J. R., 2000 – A Emergência dos Sistemas de Informação Geográfica, na Análise e Organização do Espaço. Fundação Calouste Gulbenkian, Fundação para a Ciência e da Tecnologia. 540 pp.

MARQUES, L., 2001 – Sistemas de Informação Geográfica e Identificação de Corredores Verdes – Para a Bacia Hidrográfica da Vala Real/ Malpique – Montijo”, UNL/FCSH, trabalho final de licenciatura em Geografia e Planeamento Regional, Lisboa, 147 p.p. Link: http://www.luisfilipemarques.com/Trabalho_final.pdf

MACHADO, J. R.; ANDRESEN M. T.; RICO, ªT., AHERN, J.; FABOS, J.GY., 1995 – Metropolitan Landscape Planning. A Greenway Vision for the Lisbon Metropolitan Área (AML). Special Issue Landscape Ecological Network, nº 12-13: pp 111-121.

MACHADO, J.R.; ANDRESEN, T.; RICO, A. T.; GRANADO, I. 1994 – Uma rede de Corredores Verdes para a Área Metropolitana de Lisboa. Uma Aplicação de SIG à Escala Regional. 3º Congresso Nacional de Áreas Protegidas, ICN, Lisboa, pp 52-61.

MATA, D. 2000 – “Rede Pedonal e de Bicicletas para Lisboa”, relatório do trabalho de fim de curso de Arquitectura Paisagista. UTL, Instituto Superior de Agronomia. 106 pp.

MORAIS, S. M. 1997 – Corredores Fluviais na Bacia Hidrográfica das Alcáçovas. Relatório do Trabalho Final de Curso da Licenciatura em Arquitectura Paisagista, Universidade Técnica de Lisboa, Instituto Superior de Agronomia, Lisboa.

PONTES, M. S. 1999 – Proposta de delimitação de Corredores Verdes no concelho de Cascais por integração da detecção remota com um sistema de Informação Geográfica, UNL/FCSH, trabalho final de licenciatura em Geografia e Planeamento Regional, Lisboa, 129 p.p.

RIBEIRO, L.P. 1997 – Historical and Cultural Resouses: Strengthening a Greenway Network for Landscape Conservation in Metropolitan Áreas. Environmental Challenges in a Expanding Urban World and the Role of Emerging Information Tecnologies. CNIG/MEPAT, Lisboa: 441-453.

RIBEIRO L. P. F. 1997 – The cultural Landscape and the uniqueness of place a greenway heritage network for landscape conservation of Lisbon Metropolitan area, Tese de doutoramento, policopiado, pp. 27-61.

SARMENTO J.; MOURÃO, S. 2001– “Pista de Cicloturísmo Guimarães-Fafe: oportunidade perdida para a criação de um corredor verde?”; corredores verdes. Contributo para um ordenamento sustentável regional e local, fundação da faculdade de ciência e tecnologia, UNL, Monte da Caparica.

SEARNS, R.M. 1995 – The evolution of greenways as na adaptative urban landscape form. Landscape and Urban Planning, Amherst,  University of Massachusetts, USA. Vol.33, nº1-3, pp 65-80.

TELLES, G. R. 1997 – O Plano Verde de Lisboa. Edições Colibri, Lisboa, 197 pp.

WARREN, R. 1997 – The Urban Oasis, Guideways and Greenways in the Human Environment. McGraw-Hill, USA. 195 pp.

ZUBE, E. H. 1995 – Greenways and the US National Park System, University of Arizona, Tucson, USA. Vol.33, nº1-3,  pp17-25.